ATENDIMENTO LOJA VIRTUAL
Segunda a Sexta das 10h às 17h
(19) 2517-6814

O BLOG OFICIAL DA LAMAS BREW SHOP

BREWBLOG

Dicas de Envase da Cerveja

O envase é a etapa que finaliza a produção de cerveja e separa todo processo que leva cerca de 30 dias da tão esperada degustação da sua cerveja. Antes dessa transição, no entanto, alguns processos devem ser seguidos para conferir toda a qualidade possível às suas garrafas.

Isso porque o envase é uma etapa que demanda atenção, cautela e boa dose de paciência para não interferir nas características originais de sua cerveja.

Quer saber quais cuidados tomar? Neste artigo, vamos falar de todo o processo de envase, da sanitização ao momento de lacrar as garrafas com suas tampinhas até que chegue o momento ideal para consumo. Acompanhe!

A importância do envase na produção de cervejas

Finalizada a etapa de maturação da sua receita, o envase é o processo seguinte a ser realizado. E sua importância é determinante para a produção, como um todo, pois além de abrigar a sua preciosa bebida ela vai trazer o gás carbônico à receita.

Isso ocorre porque a mistura de açúcar nessa etapa alimenta a levedura para que o CO2 seja produzido — destaque para as tampinhas, que impedem o gás de fugir e se dilui na cerveja.

Por isso, confira as nossas dicas e perceba como o envase perfeito depende exclusivamente da atenção dada a cada etapa desse procedimento.

Limpe e sanitize as garrafas

Para manter as características originais da bebida e evitar qualquer tipo de contaminação (além de extinguir a possibilidade de conter sujeiras, bolores e resíduos em seu interior), é importante limpar e sanitizar as garrafas — e também as tampinhas.

Isso significa que você deve, primeiramente:

  • Lave bem as garrafas garantindo a retirada de sujeiras e resíduos que estejam dentro dela - você pode utilizar uma escova de crina para auxilia-lo nessa etapa;
  • Sanitize-as com algum sanitizante como ácido peracético, iodophor, pac 200, àlcool 70%. Cada sanitizante tem sua aplicação explicada no rótulo.
  • Importante: jamais faça enxague das garrafas após o uso de sanitizante! A água pode conter microrganismos que irão re-contaminar a garrafa. Estes sanitizantes são específicos para uso em não -enxague e não deixam residual que prejudiquem o aroma ou sabor da sua cerveja.
  • Deixe as garrafas escorrendo em um local apropriado, como um escorredor de garrafas, momentos antes do envase.
Escorredores de Garrafas

 

Agora, vamos entender o segundo aspecto fundamental no envase de suas garrafas de cervejas!

Atenção também às tampinhas

Para as tampinhas, basta espirrar um pouco do álcool sobre elas para sanitizá-las ou deixa-las imersas em ácido peracético ou iodophor. Mas cuidado com o tipo de tampinhas que você irá usar, pois elas são diferentes:

  • Pry-Off — aquelas que nos acostumamos a abrir com o auxílio de um abridor de garrafas (garrafas de 600 mL, 500 mL, 1 L, caçulinha e long neck sem rosca);
  • Twist-Off — as populares long necks que, hoje em dia, conseguimos abrir com as mãos.

Por que isso importa? Porque o processo de vedação difere, em cada um dos tipos, e se você utilizar as tampinhas erradas você corre sério risco de perder o CO2 dentro das garrafas.

Escolha o tipo de açúcar para a refermentação

Popularmente, o processo de refermentação é feito com uma mistura de açúcar diluída em água, cuja regra básica é a proporção de 6 g de açúcar para cada litro de cerveja.

Balas de Carbonatação: últimos passo antes de degustar sua própria cerveja

Cuidado: não exceda a proporção de 6 g/l pois você pode fabricar, no lugar de uma refrescante cerveja, uma verdadeira — literalmente — bomba nas mãos dos seus amigos. Para evitar esse risco, use o nosso app: o Lamas Brew Tools e auxilia você nesse cálculo.

Além disso, dê uma conferida em outros produtos que também podem ser usados no processo de refermentação:

Açúcar líquido invertido "priming";

Balas de carbonatação “Priming”;

Sachê de açúcar “carbonatação“.

Agora, para que não fique nenhuma dúvida a respeito do procedimento de envase de suas garrafas de cerveja, vamos conferir um rápido passo a passo?

  • Terminada a maturação, coloque o balde que contém a cerveja no local em que ocorrerá o envase. Certifique-se em não agitar muito o balde para a "lama de fermento" não levantar. Sanitize a torneira e purgue um pouco de cerveja para retirar algum possível fermento que esteja suspenso.
  • Adicione o açúcar para refermentação em cada garrafa, seja ele bala, sachê ou açúcar fracionado na hora. Atenção: Caso vá utilizar o priming líquido, é necessário transferir a cerveja para um outro balde com torneira já sanitizados, deixando a lama no fundo do outro balde e misturar o priming líquido na cerveja, homogeinizando bem.
  • Pegue as suas garrafas (limpas e sanitizadas) e encha com a bebida até atingir 3 dedos da tampa da garrafa — utilize um enchedor para facilitar esta etapa;
  • Com um arrolhador, sele as garrafas com as tampinhas (também limpas e sanitizadas);
  • Deixe as garrafas em local fresco por 7 dias, tempo suficiente para deixar a cerveja carbonatada (com gás) e pronta para consumo.

E aí, ficou com alguma dúvida sobre o processo de envase e as dicas que mostramos para você? Se quiser saber mais sobre o assunto, deixe um comentário neste post e vamos desdobrar ainda mais o tema!

9 Comentários

  • MAURO SALVADOR

    Bom dia! Tenho dúvidas de como efetuar a pasteurizacao de minhas garrafas, qual o melhor binômio tempo x temperatura e como posso fazer isso em casa, poe favor, poderia me ajudar?

    Obrigado!
    Abraco

  • Regina Curbage

    Ótimo artigo, como sempre.
    Gostaria de uma orientação. Faço primming para o envase; com boa carbonatação, espuma legal e duradoura. Após um mês, mais ou menos, ao abrir as garrafas, a espuma fica muito abundante e não abaixa mesmo com todo cuidado ao abrir. O que pode estar ocorrendo neste período? Li que cervejas com bastante lúpulo pode ocorrer isso, mas fiz uma red e também está espumando demais, mesmo fazendo um bom primming. (???)

  • Alisson Neto

    A solução feita com PAC 200 pode ser reutilizada por quanto tempo para sanitizar garrafas? O iodo deixa residuos de iodo consideraveis?

  • Jhony

    As minhas cervejas estão perdendo o gás rapidamente depois que se abre as garrafas. Há algo que da pra fazer para melhorar na carbonatação? Parece até que está faltando primming, porém seguimos exatamente a proporção das nossas receitas.

  • Rodrigo Fonseca

    No texto diz que não é preciso enxaguar após o uso de sanitizante, mas utilizando o PAC como exemplo, não seria perigoso os resíduos do ácido serem ingeridos?

Deixe uma resposta

Comentários Recentes

  • Johny, mas apos aberta as cervejas perdem mesmo um pouco do gás, porem do headspace da garrafa e n...

    agosto 17, 2017

  • Alisson Não há problema, o residuo infimo, menor que 0,001 ppm. Sanitizantes para nosso uso TEM d...

    agosto 17, 2017

  • José, vamos publicar em breve esta receita. Ja pedimos para o pessoal do Goose liberar....

    agosto 17, 2017

Video